Equipa Local de Intervenção de Sesimbra – ELI

10

Com uma vasta experiência no âmbito da Intervenção Precoce na Infância, integramos, desde setembro de 2011, o Sistema Nacional de Intervenção Precoce na Infância, sendo um dos organismos constituintes da Equipa Local de Intervenção de Sesimbra (ELI), em parceria com o Agrupamento de Escolas de Sampaio e o Agrupamento de Centros de Saúde da Arrábida.
A sede da ELI de Sesimbra situa-se na freguesia da Quinta do Conde, na Unidade de Saúde Familiar – Conde Saúde.

 

O que é a Intervenção Precoce? E para quem?
É um conjunto de medidas de apoio integrado centrado na criança e na família, incluindo ações de natureza preventiva e reabilitativa, designadamente no âmbito da educação, saúde e ação social.
Tem como objetivo assegurar a criação de condições facilitadoras do desenvolvimento de crianças até aos 6 anos, com alterações nas funções ou estruturas do corpo ou em risco de atraso de desenvolvimento.

Equipa Técnica
A nossa intervenção contribui para a prossecução dos objetivos do SNIPI e da Equipa Local de Intervenção Sesimbra, com a ação de um leque de profissionais com vasta experiência no âmbito da Intervenção Precoce na Infância: Educação Especial e Reabilitação, Psicologia; Terapia da Fala; Política Social.

Horário de Funcionamento
De segunda a sexta-feira, das 9H às 17H

Como se referencia à ELI?
A referenciação à ELI pode ser realizada por técnicos da área da saúde, educação e acção social dos diversos serviços da comunidade (tais como Centros de Saúde, Jardins de Infância), ou pela própria família, através do preenchimento de uma Ficha de Referenciação.
O elemento referenciador deve comunicar à família a sua preocupação. Caso a família esteja de acordo é preenchida e assinada a ficha de referenciação.

Como Intervém a ELI?
O técnico de intervenção precoce, em conjunto com a família e outros prestadores de cuidados, cria e implementa um plano individual de intervenção precoce (PIIP), no qual são definidas estratégias integradas nas rotinas diárias, que têm por objectivo promover o desenvolvimento da criança e assegurar as necessidades da família.
A intervenção é desenvolvida no contexto em que a criança está inserida (domicilio, creche/jardim-de-infância) e deve ser um processo em que a família tem um papel activo.

Documentação disponível
Criterios de Elegibilidade
Critérios de Elegibilidade (quadro)
Legislação Aplicável Decreto-lei n.º 281/2009
Ficha de Identificação e Referência